“Ao vivo é muito pior”: direitos, resistência e repressão aos estudantes nas ocupações de escolas do Ceará, artigo

Com Marina Braz, Dillyane Ribeiro, Kaliane Sena, Letícia Abreu e Francimara(Mara) Carneiro Araújo, da equipe do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Ceará – CEDECA Ceará8b3f63790c87a643bb8abad5975293c2

O artigo é parte do excelente livro organizado pelxs professorxs Adriana Alves Costa & Luís Antonio Groppo: “O movimento de ocupações estudantis no Brasil”. Além de análises gerais, há a apresentação e discussão do fenômeno das ocupações escolares (2015-2016) ocorridas nos estados de São Paulo, Ceará, Paraná, Espírito Santo e Rio de janeiro. É portanto um material essencial para quem queira compreender a fundo as dinâmicas da política e do direito educacional contemporâneos, vistos sob o enfoque dos movimentos de resistência.

Em “Ao vivo é muito pior” apresentamos o resultado de um trabalho de documentação e análise da experiência das ocupações no Ceará, sob o enfoque da experiência de atuação do CEDECA em apoio aos estudantes. O Ceará é comumente apresentado como exemplo de reforma educacional gerencial, nesse contexto, o título remete tanto à realidade de precariedade das escolas cearenses, que esteve na base das reivindicações estudantis, como à ação de massiva repressão estatal contra os estudantes. Numa ação sem precedentes, o próprio Secretário de Educação estadual assinou Notícia-crime contra mais de 300 estudantes. O trabalho de assessoria jurídica do CEDECA, nesse contexto, foi essencial para minimizar os danos dessa ação autoritária e abusiva.

O texto também é nossa forma de homenagear o artista cearense Antonio Carlos Belchior, morto em 2017. A letra e a poesia de Belchior, presente no texto, ilumina o fenômeno das ocupações como nenhum trabalho acadêmico seria capaz de expressar: “A voz resiste. A fala insiste: Você me ouvir. A voz resiste. A fala insiste: Quem viver ver” (Belchior, Não Leve Flores, 1976).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s